sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Eu quero ser FELIZ

Desde sempre que a Humanidade procura, sem cessar, ser feliz. Seja lá isso o que for.
Os gregos afirmavam que a felicidade se alcançava através da justeza, um Homem justo era um Homem talhado para ser feliz.

Depois, o cristianismo apontava, também, para cima, afirmando que a felicidade era a recompensa de uma vida piedosa.

Um pouco mais tarde, os movimentos ateístas ditaram que a felicidade está em fazer o que bem nos apraz: cabe apenas ao Homem ser ou não feliz.

Nos dias de hoje a felicidade é vendida em caixinhas, a quem tiver como pagar por ela, claro:
TVs, consolas de jogos, viagens de sonho, cosméticos, telemóveis e tudo mais que possamos imaginar...

Mas, na realidade, o que é e como se alcança a felicidade?
É isso que 30 jovens vão tentar descobrir este fim-de-semana, num Retiro de Advento, com os Missionários/as da Consolata no Cacém.

Sob o lema "Não tenhas medo de ser feliz!" estes jovens vão questionar-se acerca de quais os caminhos para a felicidade e o que nos faz, hoje, realmente felizes.
Bom retiro a todos.

CJovem.

Sem comentários:

Publicar um comentário