sábado, 30 de janeiro de 2010

Vidas Consagradas: Uma conversa com o padre Maurício

«Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho»: O missionário

Foi este o título escolhido para a "conversa" com o pe. Maurício Guevara (missionário da Consolata a residir na comunidade do Cacém). Aqui vos deixamos o artigo e o link para o video:

Na sétima reportagem da série Vidas Consagradas, que explora as diferentes facetas do sacerdócio, a Renascença conversa com o Pe. Luis Mauricio Guevara, um missionário argentino a trabalhar em Portugal.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

A Missão no coração, 100 anos depois!




- ...tem de ser você mesmo, caro Allamano, a criar um Instituto de irmãs missionárias, tal como criou o de missionários.
- Mas, irmãs Vossa Santidade [Pio X]? Ele já há tantas congregações religiosas e eu não tenho vocação para tal.
- Se não a tens, eu ta concedo. Vai e funda um Instituto de irmãs missionárias.


E assim foi, a 29 de Janeiro de 1910, nasciam as Missionárias da Consolata, nove anos depois do Instituto dos Missionários da Consolata, precisamente no mesmo dia.

Que coisa estou a buscar? Que coisa procuro na vida!

Identikit de uma Vocação (parte 10)

Caros leitores. Bom dia! Boa tarde ou Boa noite! Não sei o horário que ides abrir esta mensagem. Quem sabe seria melhor desejar-vos Boa semana ou Boa leitura, e não se fala mais nisso.
Então, como vocês já sabem, nesta fase de minha historia continuo na cidade do Rio de Janeiro, discernindo minha vocação, buscando entender, sobretudo, o que Deus quer de mim.

Diálogo com Jesus

Num desses dias que passaram, enquanto regressava a casa, a rádio passou uma música que eu acho que já ouvi milhares de vezes desde que ela saiu para o mercado.
Outra vez esta... pensei!

Não vos sei dizer, nem sei explicar se era o meu estado de espírito, se era o que quer que fosse, mas ouvi a música de maneira diferente: sintonizei na rádio de Deus! O que parecia uma música banal, transformou-se num bonito diálogo em jeito de oração.

Tentei colocar em vídeo para que fosse mais perceptível o diálogo...
Digo-vos que depois de ouvirem esta música e depois rezarem esta música, nunca mais vão ouvi-la da mesma forma!

Peço desculpa por não estar com as legendas em português mas tentem perceber a letra e se não souberem, peçam ajuda a um amigo!!!
Bons diálogos...

Copi, Lmc
video

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Elogio à Juventude: Jovens com causas

Numa altura em que muitos dos nossos leitores se encontram (ainda) em época de exames, o CJovem não quis deixar de os incentivar, deixar um apoio neste momento de 'concentração'.

A juventude sempre foi (ainda o é e sempre o será) sinónimo de querer, de ideais e, sobretudo, de mudança.

Os actos empenhados contam e conseguem mesmo mudar o mundo.
O tema que aqui deixamos já foi falado
AQUI num artigo do Tiago Santos mas, aproveitando uma reportagem da SIC, aqui fica um pequeno "cheirinho" do que todos nós conseguimos fazer e até onde o esforço que se faz hoje nos pode levar.






Prestando homenagem àqueles estudantes, fica a homenagem a vocês, os estudantes de hoje.
Bons estudos a todos vós!
CJovem

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Alguém faz aniversário!


Epá.. Nesta sexta-feira, 29 de Janeiro, é o aniversário dos Missionários e das Missionárias da Consolata. Os ramos masculino e feminino do mesmo Instituto Missionário foram fundados no mesmo dia do mês, ainda que em anos diferentes. Os missionários, em 1901, e as missionárias em 1910.

Ah… Peraí! Dissemos 1910? Então, não é que elas fazem 100 anos este ano! Tão velhinhas, hein!

Pois é, na próxima sexta-feira não te esqueças de dar os parabéns a ambos mas, sobretudo, às Irmãs da Consolata, pelo centenário de fundação. Não são muitas em Portugal, mas quem não conhece, por exemplo uma irmã Lúcia, que sempre está nos eventos do JMC e pastoral juvenil!

Deixamos aqui, desde já, os emails das duas comunidades que elas têm em Portugal:

Em Lisboa e em Águas Santas (Maia)

Parabéns e… outros 100, no mínimo!

CJovem

Esta Empada também é minha


A minha escola é organizada. Tem todas as condições: professores, salas, mesas, cadeiras, projectores, computadores, quadros interactivos, refeições, biblioteca, ginásio…
Mas em Empada, na Guiné-Bissau,
onde trabalham as Irmãs Missionárias da Consolata,
falta quase tudo.

Para nós estudar é uma realidade.
Para muitas crianças e jovens de Empada ainda é uma miragem.

As Irmãs da Consolata que ali trabalham querem alargar a Escola para acolher mais alunos. Os Missionários da Consolata, no seu Projecto de Solidariedade anual para 2010 decidiram apoiar esta Missão e assumiram este Projecto de Solidariedade como a sua Campanha Anual para este ano: “Empada 2010”.

Não deixes de fazer a tua contribuição. Segue este LINK e vais saber como.


Entretanto desfruta deste vídeo que o Rui Sousa (Copi), com fotos do Mário Linhares, ambos Leigos Missionários da Consolata, preparou para ajudar na divulgação da Campanha.

CJovem

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Uma fábula para dar que pensar

Durante a era glacial eram muitos os animais que morriam por causa do frio.

Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram juntar-se em grupos e, assim, se agasalhavam e se protegiam mutuamente.

Porém, os seus espinhos feriam os companheiros mais próximos, precisamente aqueles que ofereciam mais calor.

Por isso decidiram afastar-se uns dos outros e, então, voltaram a morrer congelados.

Precisavam urgentemente de optar:
Ou desapareciam da face da terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.

Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que uma relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.

E assim sobreviveram.


Moral da história:
O CJovem optou por deixar à consideração dos leitores.
Digam de vossa justiça, o que podemos retirar desta fábula?

CJovem

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Caritas in Veritate: Uma proposta para civilizar a economia

No sábado passado, o grupo JMC Centro reuniu-se e, desta vez, contou com a presença de mais duas caras novas: o Gonçalo, de Fátima, e a Tânia, do Bairro.

A formação deste sábado foi relativa à Encíclica Caritas in Veritate e foi-nos dada pelo P. Frazão, que nos falou sobre as propostas do Papa para “civilizar” a economia.

Entrevista a um jovem missionário


Seguir Jesus na Missão é o modo mais belo de se gastar a vida que nos foi dada”. 

O seminarista João Batista, cuja história acompanhamos semanalmente no “Identikit de uma vocação” fez, para o Cjovem, uma entrevista a um missionário da Consolata recém ordenado. Boas leituras.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Kiki: um milagre no Haiti

Tu és o meu amparo: não me rejeites nem me abandones,
ó Deus, meu Salvador!
Creio, firmemente, vir a contemplar
a bondade do Senhor na terra dos vivos.
Confia no Senhor!
Sê forte e corajoso, e confia no Senhor!
(Salmo 27, 9.13-14)

"Deus ajudou-me!"


Tu converteste o meu pranto em festa,
tiraste-me o luto e vestiste-me de júbilo.
Por isso o meu coração te cantará sem cessar.
Senhor, meu Deus, eu te louvarei para sempre.
(Salmo 30, 12-13)

Albino Brás

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Nada temo!



NADA TEMO
Banda Jota (CD 'Obrigatório Ser')

Ré+                    Mi+
Se me envolve a noite escura
        Sol+              Ré+
E caminho sobre abismos de amargura
        Mi+                Sol+            Ré+
Nada temo, porque a luz está comigo
Nada temo, porque …

Se me colhe a tempestade
E Jesus vai a dormir na minha barca
Nada temo, porque a paz está comigo
Nada temo, porque …

Nada temo, porque nunca estou sozinha
Nada temo, tenho Deus no meu caminho
Nada temo


Se me perco no deserto
E de sede me consumo e desfaleço
Nada temo, porque a fonte está comigo
Nada temo, porque …

Se os descrentes me insultarem
E se os ímpios mortalmente me odiarem
Nada temo, porque a vida está comigo
Nada temo, porque …

Nada temo, porque nunca estou sozinha
Nada temo, tenho Deus no meu caminho
Nada temo

Se os amigos me deixarem
Em caminho de miséria e de orfandade
Nada temo porque o Pai está comigo
Nada temo porque o Pai está comigo

Se me envolve a noite escura
E caminho sobre abismos de amargura
Nada temo, porque a luz está comigo
Nada temo, porque …

Nada temo, porque nunca estou sozinha
Nada temo, tenho Deus no meu caminho
Nada temo (4x)

Também eu posso ser transmissor da Luz

Identikit de uma vocação (parte 9)
 
Deus chama, envia e encoraja
 
Depois que tudo terminou entre eu e a Tércia, o mundo não acabou. Decidi não entrar para o seminário em seguida, mas continuar em discernimento vocacional, para descobrir com mais clareza o que realmente Deus queria de mim.

Continuei com o meu trabalho e com minhas atividades normais. Sentia que a chama da luz de Deus que um dia, quando adolescente, tinha brilhado em meu coração, não tinha ainda sido apagada, continuava bem acesa e, agora então podia ver melhor que ela aumentava cada dia mais.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Moçambique: Há experiências que nos marcam para toda a vida!


Há uns dias atrás anunciávamos AQUI a partida (e envio) de duas corajosas missionárias para terras de África, Moçambique mais concretamente.

Pois bem, chegadas a Moçambique, a Filipa Carvalho e a Carina Brito não demoraram a enviar notícias.
Aqui vos deixamos algumas palavras:

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Apenas números?


Numa altura em que nos sentimos invadidos por Playstations, Wii, Netbooks e Magalhães... e tudo mais, espanta lermos notícias como ESTA publicada hoje no JN.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Merci Jesu...


Eu sou alguém de nome incerto... A minha idade não se sabe, quem é e onde está a minha família parece não importar! Eu fui cabeça de cartaz de um grande número de noticiários por todo o mundo, privilégio sublime para alguém que não deseja a fama, para quem aparece pela pior das razões...
O som deve ter sido horrível, tudo a desabar, gritos de pessoas que lutavam pela vida, gemidos de dor e o silêncio daqueles que nem tiveram oportunidade de gritar... Não me lembro bem...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Como posso ajudar?

"As organizações de ajuda humanitária lançaram um apelo mundial de ajuda para os esforços de salvamento e recuperação no Haiti, mas alertam para a necessidade de direccionar essas ajudas correctamente."

Todo suspense é desvendado

Identikit de uma vocação (parte 8)

Olá meus caros, vi que quase ninguém se atreveu a responder à pergunta anterior.
Eis a resposta: O bule é de por café e o padre é de muita fé. Entenderam?

Agora vou contar o que ficou para trás dos capítulos anteriores.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Zilda Arns


O Haiti é, para nós, um país geograficamente distante. Contudo, o violento sismo que ali aconteceu ontem, com o drama que provoca este tipo de situações, creio que nos faz, a todos, próximos no sentimento, na oração, na compaixão e na solidariedade. E há muitas formas de manifestar tudo isso.

Mas quando se conhece alguém pessoalmente, pelo projecto de vida que abraçou, pelo seu trabalho, pensamentos e obra, dos muitos milhares que morreram no Haiti, esse alguém acaba por retirar - digamos - o véu de um certo anonimato a este acontecimento e, então, tudo começa a ficar ainda mais próximo do coração.

Médica pediatra e sanitarista, Zilda Arns, de 75 anos, fundou e coordenava a Pastoral da Criança no Brasil, órgão de acção social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Nestes dias encontrava-se no Haiti, a trabalho. E é com tristeza que tomo conhecimento que ela está entre as vitimas desta catástrofe natural.
Tive o prazer de a conhecer quando missionário no Brasil, num encontro, em São Paulo. Li algumas das suas entrevistas e ouvia-a com agrado quando falava na TV. Detinha um carisma imenso.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

3º Encontro de Fé e Desenvolvimento


A Fundação Evangelização e Culturas e o Serviço de Animação Missionária da Diocese de Leiria-Fátima vão promover um Encontro sobre a Missão: Proposta da Igreja para o Desenvolvimento , no Seminário Diocesano de Leiria, na Aula Magna, com entrada livre.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

O banco do tempo



Uma cantilena acompanha-me desde criança: O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.
Lembrei-me disso depois de ver essa noticia (ver vídeo) no telejornal da RTP, neste domingo.
Agora também já existem os 'Bancos do tempo'. Na partilha do tempo trocam-se saberes, serviços, conhecimentos... Parece uma boa iniciativa, e faz-nos pensar sobre o que já fazemos ou podemos vir a fazer com o nosso tempo.
Quanto tempo damos do nosso tempo? Que tal pôr o nosso a render!Afinal, o tempo, como diz a reportagem, "é um bem sem preço".
É, sem dúvida, mais uma iniciativa que questiona o sistema económico actual, quase exclusivamente centrado no mercado-pelo-mercado e no  lucro.
Albino Brás

domingo, 10 de janeiro de 2010

Causas convenientes

"...a forma como os partidos políticos portugueses rejeitaram a iniciativa popular que propunha um referendo sobre o casamento de homossexuais inviabilizou qualquer outra iniciativa popular que no futuro nasça da sociedade civil."

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

O meu querido umbigo


Hoje em dia é inevitável falarmos de crise, em qualquer conversa de café falamos dela, colocamos todas as culpas na crise, o bode expiatório para tudo o que de mal existe neste mundo.
Há uns tempos atrás ouvíamos o Presidente da República apelar à solidariedade como forma de vencer estes tempos menos bons, apelo seguido por muitos portugueses como se pode ver pelos números recorde alcançados pelas diversas campanhas de ajuda, no entanto, nestes últimos dias vêm-nos de Itália (e não só) notícias deveras preocupantes.

O primeiro trabalho a gente nunca esquece

Identikit de uma vocação (parte 7)

Entrada espectacular no Rio, digo Janeiro, claro.
Olá caros jovens e menos jovens, amigos e leitores do Identikit. Meu caloroso abraço.
Hoje, como havia prometido, vocês vão ficar sabendo, os pormenores de como tudo se acabou. Estou a falar do meu romance amoroso com minha namorada. Se ainda não sabeis, deveis ler os capítulos anteriores, tá bem?

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Combater a Pobreza e a Exclusão Social


Provavelmente já é do conhecimento de todos que 2010 é o Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social; aqueles que têm seguido mais de perto as actividades da Consolata saberão, também, que os missionários/as escolheram, à luz do tema proposto pela UE, "Combater a Pobreza e Exclusão Social" como tema anual.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Queres ser missionário?

Queres ser missionário?

Q
ueres ser um verdadeiro missionário da Consolata?

Então, não venhas ter connosco, se esta opção te deixa triste ou nervoso,

P
orque a porta para entrar é estreita e só se abre com a coragem dos valentes.


N
ão venhas ter connosco, se olhas para a Missão como trabalho a fazer.

Porque o missionário santo primeiro é.
Não venhas ter connosco, se pensas que estás a fazer um favor a Deus ou ao mundo.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

A coragem de aceitar um desafio de missão


Há uns posts atrás o CJovem publicou AQUI um pequeno convite, uma chamada a um Envio Missionário no Cacém. Deixamo-vos então um pequeno texto de como correu:

Um grande número de pessoas marcou presença na missa de envio missionário das jovens Filipa Carvalho e Karina Brito, neste último domingo, na paróquia de Agualva, no Cacém.

sábado, 2 de janeiro de 2010

Partir em busca de realizações

Identikit de uma Vocação (Parte 6)

Caros amigos e amigas, eis-me aqui outra vez, prontinho para contar-vos mais uma parte de minha vocação missionária. Antes de tudo, queria desejar-vos um 2010 cheio de coisas significativas para todos. Viva o ano NOVO.

A triste partida
Partir em busca de realizações

Digo triste porque quase todas as partidas, deixam marcas, saudades, algumas vezes, até lágrimas. Não é? Não bastasse tudo isso, acho que minha partida, também teve momentos felizes. Só a vontade de descobrir coisas novas, já me deixava curioso, e isso era bom.

Com a esperança de conseguir trabalho e assim melhorar de vida, a fim de casar-me, decidi deixar meus pais, e a comunidade onde nasci para ir à cidade do Rio de Janeiro.
Levava na bagagem muitos sonhos e expectativas, muitas ideias e projectos de, um dia, regressar contente e realizado à minha terra natal, Paraíba. Porém, tudo isso era o meu sonho, mas Deus estava preparando outro projecto para minha vida.

Acompanhava-me também, na minha mala, a alegria das festas do nordeste, o compromisso com as causas do Reino e da Justiça e a consciência de meu papel na sociedade e na igreja, ou seja, o compromisso de lutar por um mundo melhor.

Era o ano de 1992, ano em que a igreja do Brasil, dedicava a CF (Campanha da Fraternidade) à juventude, com o lema “Juventude, caminho aberto”. Para mais informações sobre o que é a CP e o que significa, ver AQUI.

Mensagem do papa aos jovens

Em ocasião da CP, cada ano o papa escreve uma carta à Igreja Brasileira, sobre o tema proposto, e naquele ano, 1992, ele direccionava sua mensagem a nós jovens. Sentia-me iluminado por essa sede de infinito que, como mencionava o papa, só podemos encontrar em Deus. E assim descobria cada dia, que Deus fez e faz história connosco; sempre.

Eis aqui parte da sua mensagem:

«Gostaria de falar pessoalmente com cada rapaz e com cada moça desse querido Brasil, para dizer, e quase a revelar-vos, o imenso potencial de que sois portadores. Sois amantes da liberdade e do que é justo e verdadeiro; ansiais pela paz e pela solidariedade entre os homens; exigis, justamente, o respeito pelo que é digno e nobre; sonhais também realizar-vos na vida, nos estudos e na profissão e, se Deus o permitir, realizar a vocação a que fostes chamados para dar continuidade a essas santas e nobres aspirações. Mas, acima de tudo, vejo palpitar em vossos corações essa sede de infinito que só será saciada se souberdes encontrar o Deus que se fez Homem para nos redimir: esse “Jesus que nos dá a certeza de que Ele continua fazendo história connosco e de que a cruz não é o fim, mas o caminho da vitória para os que O seguem». Papa João Paulo II, (Campanha da Fraternidade, 135).

Levava também comigo a experiência de trabalhos pastorais e comunitários realizados em minha comunidade e, no coração, essa mensagem bonita e corajosa do papa fazia-me reflectir sobre muitas coisas em minha vida juvenil.


Um salmo tem muito o que nos ensinar

Na minha despedida os jovens deram-me de presente, um pequeno lenço que continha a frase do salmo, 126 (127) que diz: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela

Meus Deus, parece até mentira mas, na realidade, parece-me que tudo ia premeditando-se. Só agora sinto que o Senhor realmente foi edificando-me, guardando-me, pouco a pouco. Fazendo-me compreender, que Ele já agia na minha vida desde muito tempo. O que vocês acham?

Sobre como terminou aquele namoro, que vos contava no capítulo anterior, prometo-vos que contarei todos os detalhes no próximo capitulo. Até lá. Não percam.

João Batista

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Envio Missionário: Estão convidados!


CONVITE
_______________________________________

No próximo Domingo, 3 de Janeiro de 2010, celebraremos a missa do "Envio Missionário" das nossas Jovens Missionárias da Consolata, Filipa e Karina.

Depois de um tempo intenso de preparação e acompanhamento, as nossas jovens corajosas, partirão por um ano para uma das nossas missões em Moçambique.

Programa:
A missa será na paróquia de Agualva - Cacém, paróquia de origem das duas, às 11h30.
Depois iremos, todos os que desejarem, a casa dos Missionários da Consolata, no Cacém, para o almoço partilhado e para desejar uma boa missão às nossas queridas Filipa e Karina.

Estão todos convidados!

P. Maurício imc

Dia Mundial da Paz, que fazer?

O dia 1 de Janeiro é referenciado mundialmente como o Dia Mundial da Paz, dia em que se celebra o desejo de que toda a Humanidade seja capaz de conviver em PAZ, sem qualquer tipo de agressão ou discriminação.

Querer difícil, utópico? Temos a esperança secreta que não, afinal de contas basta tão pouco para que isso aconteça:




Um Ano de 2010 cheio de PAZ, para todos!
CJovem