sábado, 24 de dezembro de 2011

A ternura de um Deus que nasce frágil

Certo dia, quando o tempo da espera terminou, Deus decide aproximar-se da humanidade e pede moradia. Maria aceita colaborar no seu plano de Amor e  acolhe Jesus em seu ventre. E deste modo Deus armou a sua tenda entre nós, partilhando connosco a vida. É um Deus-teimoso, porque sempre disposto a dar-nos uma nova oportunidade, apesar de todas as nossas incoerências e infidelidades.

O Natal é a Festa da ternura de Deus pela humanidade: “O Verbo, a Palavra eterna, a Sabedoria, o Filho Amado do Pai faz-se pequenina e frágil criança, filho de um casal de pobres, e nasce num recanto do mundo, de onde ninguém esperava nada de bom!” (Jo 1,46).

Se há dois mil anos Jesus nasceu nas palhas de uma manjedoura, agora nasce noutros presépios, noutras manjedouras.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O Natal é um imeeensooo abraço... grátis!

Os Jovens Missionários da Consolata (JMC) foram  nesta quinta-feira, 22 de dezembro, para as ruas de Fátima distribuir abraços... grátis. Foi o concretizar de uma ideia que há umas semanas vinha a ser amadurecida. Uma ideia na cabeça e... mãos à obra: Fizeram-se os cartazes com  os dizeres "Abraços Grátis" e imprimiram-se cartões de Natal com frases e desenhos escolhidos especialmente para esta ação de rua. Aos abraços juntavam-se os cartões de Boas Festas deste grupo missionário.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Abraços grátis!



Nesta quinta-feira, à tarde, os Jovens Missionários da Consolata (JMC centro) vão dar/distribuir 'abraços grátis' em Fátima. E ainda aproveitam para dar as Boas Festas de Natal deste grupo missionário.
Já sabem, se quiserem dar ou receber Abraços Grátis é só juntarem-se ao grupo.
Depois contaremos a experiência, em texto, vídeo e fotos
Venham! Hoje é o dia!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A canção de Natal dos Deolinda: "Quando chega o Natal" (vídeo e letra)


   Filmado por Deolinda;  Edição e pós produção vídeo por Filipe Cunha Monteiro; Gravado e misturado por Sérgio Milhano nos Estúdios Ponto Zurca;  Participação de Filipe Cunha Monteiro na Pedal Steel Guitar;  Deolinda, Dezembro de 2011

QUANDO CHEGA O NATAL

Diz-me lá porque é que tu só te lembras de mim quando chega o Natal
Porque é que só nesta quadra é que tu reparas se eu estou bem ou mal
Diz-me lá onde é que páras o resto do ano
Eu preciso mais de ti do que te vais lembrando

Diz-me lá porque é que tu não me envias postais durante o ano inteiro
Diz-me lá porque razão é que não me dás prendas sem ter um pretexto
Diz-me lá o que te move uma vez por ano
Eu preciso mais de ti do que te vais lembrando

Diz-me lá que gratidão é que esperas de mim apenas por um dia
Eu que espero o ano inteiro e que tanto anseio a tua companhia
Hoje reformulo os votos e o meu desejo:
Eu preciso mais de ti do que te vais lembrando

Um Feliz Natal, não hoje, mas o ano inteiro!!

domingo, 18 de dezembro de 2011

Um «Natal mais autêntico»

Em tempo de Natal, os Jovens Missionários da Consolata, da zona Centro, participaram, juntamente com os seus familiares, na Eucaristia desta quadra natalícia, a 17 de Dezembro. Animada pelos próprios jovens, a celebração aconteceu na noite de sábado, momento em que o Jovens Missionários da Consolata (JMC) se reúne semanalmente.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Retiro JMC do Advento: "Jovens mais fortes e mais perto de Deus"


No passado fim-de-semana de 9 a 11 de Dezembro realizou-se mais o Retiro de Advento dos Jovens Missionários da Consolata (JMC). neste Retiro estiveram jovens JMC do Norte, Centro e Sul do país, que tiveram a ousadia de trocar o conforto do sofá e o calor insubstituível do lar, pela fé e pelo outro... Foram dois dias onde a chuva e frio gélido não passaram de meros pormenores ao lado do calor que se fazia sentir junto da nossa grande família da Consolata.
Neste retiro do Advento os jovens tiveram a oportunidade de reflectir sobre ter "TEMPO": TEMPO para escutar, TEMPO para pensar, e até mesmo "TEMPO para ter tempo" (Pe Albino). Não é por acaso que o tema geral do Retiro foi "O Tempo no Tempo".
Durante este retiro conseguia-ser ver o brilho nos olhos dos jovens a (re)descobrir como viver o presente sem por de parte o futuro e nunca esquecendo o passado, onde o presente ao outro pertence, e de como é bom ser interpelado por Deus.
No fim desta aventura os jovens sentiam-se mais fortes e esclarecidos mais perto Dele e com Ele, prontos para o O/outro, mas sempre com uma noção fixa de que, tal como afirmava António Gedeão, a "A vida é como água a correr".
Rita Tita, jmc

Prémios APOM 2011: Menção honrosa para o MASE (com vídeo)

No passado dia 12 de Dezembro, o Museu de Arte Sacra e Etnologia (MASE), dos Missionários da Consolata em Fátima, recebeu uma menção honrosa no âmbito dos Prémios APOM 2011 na categoria “Melhor Serviço de Extensão Cultural”.
Estes prémios são anualmente atribuídos pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM) distinguindo museus e personalidades que se destacam no panorama museológico português em diferentes categorias.
A cerimónia de entrega de prémios decorreu no auditório do BES Arte e Finança, em Lisboa, com a presença do Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas e outras personalidades, sendo homenageado o engenheiro Luis Casanovas pelo trabalho ao nível da conservação preventiva realizado em vários museus portugueses.
Fundado há 20 anos, este museu missionário é o único em Fátima e no concelho de Ourém credenciado pela Rede Portuguesa de Museus e reúne uma vasta colecção de elevadíssimo interesse artístico e cultural, promovendo o encontro com a beleza, a arte, a história e a cultura. Ao longo do ano promove várias actividades culturais destinadas aos diferentes públicos, nomeadamente, concertos, recitais, exposições temporárias, oficinas de pintura, cursos-livres, lançamento de livros, visitas especializadas, testemunhos missionários, entre muitas outras.

Gonçalo Cardoso

Este vídeo dá uma ideia da diversidade de atividades desenvolvidas ao longo do ano no MASE.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Advento, tempo de...

ADVENTO

Advento, tempo de espera. Não apenas de um dia, mas daquilo que os dias, todos os dias, de forma silenciosa, transportam: a Vida, o mistério apaixonante da Vida que em Jesus de Nazareth principiou.

Advento, tempo de redescobrir a novidade escondida em palavras tão frágeis como "nascimento", "criança", "rebento".

Advento, tempo de escutar a esperança dos profetas de todos os tempos: Isaías e Bento XVI. Miqueias e Teresa de Calcutá.

Advento, tempo de preparar, mais do que consumir. Tempo de repartir a vida, mais do que distribuir embrulhos.

Advento, tempo de procura, de inconformismo, até de imaginação para que o amor, o bem, a beleza possam ser realidades e não apenas desejos para escrever num cartão.

Advento, tempo de dar tempo a coisas, talvez, esquecidas: acender uma vela; sorrir a um anjo; dizer o quanto precisamos dos outros, sem vergonha de parecermos piegas.

Advento, tempo de se perguntar: "há quantos anos, há quantos longos meses desisti de renascer?"

Advento, tempo de rezarmos à maneira de um regato que, em vez de correr, escorre limpidamente.

Advento, tempo de abrir janelas na noite do sofrimento, da solidão, das dificuldades e sentir-se prometido às estrelas, não ao escuro.

Advento, tempo para contemplar o infinito na história, o inesperado no rotineiro, o divino no humano, porque o rosto de um Homem nos devolveu o rosto de Deus.

Tolentino Mendonça

domingo, 4 de dezembro de 2011

Tempo: Quem perde ganha!

Se a cada dia ao acordar te encontrasses com 1440€, sem que para tal tivesses que ter feito qualquer esforço, o que farias com eles? Já imaginaste?! Há um campo imenso de possibilidades que se abrem: comprar coisas, divertir-te, oferecer, distribuir, guardar em lugar seguro… Mas - e há sempre um ‘mas’ - , que saibas que no final do dia os que não usaste perder-se-iam, pois não os poderias passar para o dia seguinte!

É o que acontece com os exatos 1440 minutos que fazem o dia. O que fazer com eles? Como usá-los? Como vais empregar esse tempo?

Podes oferecer a alguém alguns desses minutos: para escutar aquele que se sente sozinho; para consolar o que está angustiado; para sarar o que se sente ferido…
Preenche o teu tempo, oferecendo tempo, perdendo tempo. Porque há tempo que não te pertence. Devolve-o a quem o necessita. Ficam os dois a ganhar: o que dá e o que recebe. Nisto… quem perde ganha!  E quando te dás conta os teus minutos ganharam uma vida que nem sequer suspeitavas pudesse existir. Por isso, faz-te um desafio: fecunda e fertiliza os minutos do teu dia.

Já agora, obrigado pelos minutos que perdeste a ler isto. Espero que tenham sido minutos que te projetam por num compromisso maior contigo mesmo, com o teu crescimento espiritual. E é por isso que te convidamos a descobrir as dimensões do tempo, no tempo participando no próximo retiro do Advento, para Jovens, programado para dos 10 e 11 de Dezembro, na Consolata, em Fátima.

Com o tema “O Tempo no tempo”, avançamos algumas perspectivas de reflexão que ajudam a dar corpo a este tema que, à primeira vista, pode parecer complicado. A saber:
- "Deprimido, atado ao presente sem futuro"
- "Eufórico, viciado e alienado no presente sem futuro"
- "Sem presente, viver projectado no futuro"
- "Presente com futuro, futuro com presente"

Vá lá! Não percas... tempo! :)
Inscreve-te já! Segue o LINK que te leva também à ficha de inscrição.

A. Brás
Ninguém pode voltar no tempo e fazer um novo começo,
mas podemos começar agora a fazer um novo fim” (Bob Marley)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Seu Amor é demais!




Seu Amor é Demais! - Banda Dom

Sei que o seu coração dói
Sei que o mundo lhe destrói
Não, não se entregue assim, irmão
Vale a pena viver,

Nova vida viver
Vem, deixe tudo para trás
Sim, nova vida você vai ganhar
Se a Jesus se entregar
Vale a pena tentar,

Vem experimentar!
O amor de Deus em mim
Está também em você
Está vivo em nós

Tem um nome: é Jesus!
A Verdade, o Caminho e a Luz!
Ele veio nos dar a Paz
Seu amor é demais!
Está vivo em nós tem um nome: é Jesus!
A Verdade, o Caminho e a Luz!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A Sida, a pobreza e o papel da Igreja

Hoje é o Dia Mundial de luta contra a Sida, essa pandemia que, apesar de já se ter transformado numa doença crónica e, portanto, não necessariamente mortal - tal como acontecia nas primeira décadas da sua incidência -, continua a matar milhões de pessoas ainda hoje. Sobretudo nos países pobres. A SIDA está muito ligada à pobreza. É um circulo vicioso:. a pobreza amplifica a SIDA e a SIDA multiplica a pobreza. Afinal, a Sida é muito mais que uma doença!
Infelizmente, e durante muito tempo, perderam-se demasiadas energias a discutir apenas uma questão relacionada com a prevenção: a falsa questão do preservativo.

ALGUNS DADOS
No mundo, apesar das novas infecções terem diminuido 15%,  segundo dados da ONU/Sida, ainda há 34 milhões de seropositivos.  Com 68% dos casos, o continente africano continua a ser o mais atingido pelo virus da Sida. Portugal,  que tem 42 mil  pessoas com o HIV, é o 3º país da Europa com o maior número de infectados.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Um novo Advento



Dois mil anos depois da tua vinda
Espera-Te o nosso mundo em novo Advento: 
Somente contigo recobrará alento 
Para viver a terra envelhecida.

Tu és a luz da razão perdida,
A água viva de quem está sedento,
O verdadeiro pão do homem faminto;
Vencedor da morte, és a vida.

És o alfa e o ómega da História
Que vive da tua cruz e da tua vitória.
Tu ensinas ao homem o que é ser homem.

E o ajudas a sê-lo e o levantas,
Por isso o mundo inteiro a teus pés
Confessa o Nome acima de todos os Nomes.

Bernardo Velado

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Nos caminhos da Missão



És tu, Senhor,
o clarão da tarde,
a notícia,a carícia,
a Ressurreição.

Passa outra vez, Senhor,
dá-nos a mão.

Levanta-nos,
não nos deixes ociosos nas praças,
sentados à beira dos caminhos,
sonolentos, desavindos,
a remendar bolsas e redes.

Envia-nos, Senhor,
e partiremos o pão, juntos, 
nos caminhos da Missão!

Texto: D. António Couto, Bispo de Lamego
Foto: Albino Brás

sábado, 26 de novembro de 2011

Deixar-se moldar

1º Domingo de Advento - Ano B  - Mc 13, 33-37

Com o 1º Domingo de Advento iniciamos mais um ano litúrgico, guiados pela Palavra do Evangelho de S. Marcos. É uma ocasião única para nos deixarmos moldar pelas mãos do nosso Pai amoroso, que quer fazer de nós uma obra-prima do seu amor. Com a liturgia, proclamamos neste Domingo: “Tu, Senhor, és o nosso Pai; nós somos a argila e Tu aquele que lhe dá forma, porque todos somos obra das tuas mãos” (Is 64, 7)
A belíssima imagem do oleiro, usada não só por Isaías, mas também por Jeremias, é facilmente compreensível. Diz-se e é verdade que “não existe arte sem amor, quadro sem pintor e vaso sem oleiro”. Nós somos o fruto do amor infinito de Deus, somos o quadro original que ele pintou e somos o vaso que ele quer moldar a seu jeito. Só Ele sabe a forma que devemos tomar para sermos uma imagem sua, sopro do seu Espírito. O ano litúrgico será feito de pequenas pinceladas que Deus Pai fazendo na nossa vida para melhorar a nossa imagem, por dentro e por fora. (...) 
Darci Vilarinho

Terra: Um insólito oásis de vida no imenso oceano do cosmos



Apenas uns quantos seres humanos privilegiados têm essa oportunidade única de contemplar o nosso planeta, a partir do espaço, no seu máximo esplendor.

Aos simples mortais, como nós, resta-nos ver o resultado do trabalho de quem andou lá bem por cima das nuvens e, mediante milhares de fotos que a NASA colocou na sua página web e aqui compiladas neste belíssimo vídeo, acompanhado com a bela a música 'Down to Earth' ('Descida à Terra') de Peter Gabriel.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

A felicidade envergonhada... e silenciada!

Dias atrás foi divulgado um estudo ( aqui citado ), realizado pelo Centro Nacional de Investigação de Opinião da Universidade de Chicago. O que diz? Como resultado de uma ampla sondagem junto das mais diversas profissões, mostra-se que os sacerdotes encabeçam a lista dos trabalhos mais gratificantes do mundo. Numa lista de dez seguem-se os bombeiros e, em terceiro, os fisioterapeutas. Denominador comum entre os primeiros da lista é a baixa remuneração e o estarem ‘em relação’ com os demais (no serviço, na ajuda, …). 


Dirá o caro leitor: “Estudos são apenas estudos!”. Pois sim, mas são indicativos, quanto mais não seja: de tendências, de um sentir comum. A ausência de qualquer estudo é que não indica mesmo nada; zero absoluto!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Afinal... o que é a Igreja?

Sacerdócio, o trabalho “mais feliz do mundo“ segundo um estudo publicado pela Forbes

O sacerdócio é considerada a profissão “mais feliz” do mundo. Pelo menos é esta a conclusão a que chega um  estudo realizado pela National Organization for Research (Organização Nacional de Investigação) da Universidade de Chicago, e publicado pela revista Forbes.

Os clérigos, tanto católicos (padres) como protestantes (pastores) encabeçam este top ten, que lista as profissões mais gratificantes; um ranking que foi elaborado a partir de inquéritos realizados às mais diversas profissões e formas de vida e que resulta do nível de satisfação pelo trabalho desempenhado.

Da lista das 10 profissões mais gratificantes - e que geram mais felicidade -, constam profissões como a de Bombeiro, Fisioterapeuta, Artista e Professor.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Céu de pipas

Quando chegam as férias de Julho na periferia de São Paulo o céu se encobre de pipas coloridas, em um espetáculo de cores e formas, onde a poesia se faz presente. Muitas crianças deixam os afazeres cotidianos e sobem as lajes, arriscando-se, correndo o risco de machucarem-se, apenas para ter lugar naquela brincadeira tão bela e gostosa. É o momento de esquecer um pouco a dura realidade em que vivem para celebrar em um gesto único a existência.

O tempo no tempo


O Departamento de Pastoral da Juventude e Animação Missionária dos/as Missionários/as da Consolata fazem-te um convite que não vais recusar: Um Retiro para te ajudar a viver com mais intensidade esta caminhada do Advento como preparação para o Natal que se aproxima.

Tema: "O Tempo no Tempo" - "Paremos e avaliemos o nosso tempo subjetivo, o aqui e agora da nossa historia individual, no contexto do tempo objetivo e cósmico, o aqui e agora da historia da humanidade." (como explica Pe Jorge, coordenador deste Retiro)

Avançamos algumas perspectivas de reflexão que ajudam a dar corpo a um tema que, à primeira vista, pode parecer complicado, e dá para começar a criar expectativas:
- "Deprimido, atado ao presente sem futuro"
- "Eufórico, viciado e alienado no presente sem futuro"
- "Sem presente, viver projectado no futuro"
- "Presente com futuro, futuro com presente"


Onde: Missionários da Consolata,  em Fátima,
Quando: de 9 (sexta à noite) a 11 de Dezembro (almoço).
Orientador: Pe António Fernandes, Missionário da Consolata.
O que levar: Bíblia, Saco-cama, Artigos de higiene pessoal, roupas quentes, instrumentos musicais, ...

Não percas esta oportunidade de partilha e de viver a tua fé com outros jovens como tu!

Oferece-te este presente anticipado de Natal! Inscreve-te, participa neste momento de introspeção.
Passa a palavra e traz um amigo!

Nota: Inscreve-te já online usando a ficha que segue. Mais tarde vamos entrar em contacto contigo com mais informação (boleias, etc).

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A geração (que se diz) à rasca!

"O início da sabedoria é a admissão da própria ignorância." (Sócrates*)
Há dias, em conversa com uma jornalista, perguntou-me se achava que os jovens entendiam a maior parte dos textos publicados aqui no CJovem. Com toda a confiança respondi-lhe que sim. Cheguei mesmo a dizer que achava que estes pecavam pela sua simplicidade... aparentemente estava enganado!

Olly

(*) O filósofo, não o outro.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Entre Ele e eu...

A correria do dia-a-dia tem o dom de nos afastar - por vezes - do que mais importa. O tempo esvai-se entre os dedos e não são poucas as vezes que damos por nós a deixar Deus para trás sem pensar duas vezes.

Em breve vai começar o Advento, tempo de preparação para acolher (uma vez mais) o regresso do Deus que se fez menino por nós! Sim, por ti, por mim…
Por isso, este é o momento ideal para parar, arranjar tempo para começar a deitar por terra os obstáculos que nos afastam Dele, aquele que faz tudo por ti… apenas tens que deixá-lo:

CJovem

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A (des)inquietude de ser missionário

Conduzindo-o para fora, O Senhor disse-lhe:
levanta os olhos para o céu e conta as estrelas  ( Gn 15 )

Partindo da experiencia de fé de Abraão e da promessa feita por Deus de lhe conceder uma descendência numerosa, partilho convosco esta reflexão que nos pode ajudar a viver com alegria a vocação à qual Deus nos chama.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Mais que um simples abraço... um momento de atenção

O CJOVEM já fez referência à iniciativa Free Hugs, que tem como objetivo proporcionar às pessoas um pequeno momento de carinho/conforto, uma pausa na correria agressiva do dia-a-dia. O Free Hugs corre mundo e também já passou por Lisboa.

Desta vez propomos algo um pouco diferente mas com tanto ou mais significado/mensagem...
Vejam, reflitam e comentem:


CJovem
SABER MAIS: ProInfirmis

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

E tu, és cristão?

O cristão sente-se em vocação, porque está consciente de ter sido chamado por Deus a trabalhar, a construir o mundo com as suas próprias mãos. O essencial passa-se no interior. É a maneira de encarar a vida e a profissão que faz a vocação.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sete mil milhões

A população mundial alcança hoje os sete mil milhões de pessoas. Um número redondo e, sobretudo, grandioso, que confere a este dia um marco histórico.

Segundo o relatório da ONU sobre a Situação da População Mundial em 2011, 7 mil milhões de pessoas habitam o planeta. 

Este relatório examina as tendências e as dinâmicas que vão configurando um mundo habitado por sete mil milhões de pessoas. 

domingo, 30 de outubro de 2011

Paradigmas

paradigma
(grego parádeigma, -atos)
s. m.
1. Algo que serve de exemplo geral ou de modelo. = PADRÃO
2. [Gramática]  Conjunto das formas que servem de modelo de derivação ou de flexão. = PADRÃO
3. [Linguística]  Conjunto dos termos ou elementos que podem ocorrer na mesma posição ou contexto de uma estrutura.


Ao longo da história, a humanidade tem vindo a assentar a sua metodologia humanística em paradigmas.
Desde o paradigma teocêntrico, ou da fé, em que Deus era o centro do conhecimento (e criação) - paradigma este que provou as suas lacunas ao fazer do homem um ser passivo e sujeito à vontade divina -, passando pelo paradigma homocêntrico, ou da razão, onde o Homem se coloca no centro do "mundo", capaz de decidir e construir o seu próprio destino. Todos eles provaram ser, a certo ponto, falíveis...

Mais vale fazer do que dizer



31º Domingo Comum - Ano A - Mt 23, 1-12

Mais vale fazer do que dizer
"Na cadeira de Moisés sentaram-se os escribas e os fariseus. Fazei e observai tudo quanto vos disserem, mas não imiteis as suas obras, porque eles dizem e não fazem”, alerta-nos Jesus no Evangelho deste 31º Domingo. Evangelho que nos oferece três regras para viver com verdade a nossa vida: o agir escondido em vez do aparecer, a simplicidade no lugar da duplicidade, o serviço em vez do poder. Disse Jesus que o maior mandamento é este: “Tu amarás”. Queres ser grande? À imitação de Jesus, traduz o amor na divina loucura do serviço: “o maior entre vós seja vosso servo”.
Darci Vilarinho

sábado, 29 de outubro de 2011

PedagoQUÊ?


pedagogia
(grego paidagogía, -as, educação de crianças)
s. f.
1. Ciência da educação.
2. Método para ensinar.


A pedagogia Allamaniana nasceu de uma experiência de maravilha e de gratidão, de plenitude humana que o fundador experimentou na sua vida e que todo o verdadeiro cristão vive. A sua vontade de a partilhar com o mundo fê-la nascer e propagar como “vaso de perfume que transborda…”

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Pedagogia allamaniana: Formação para os dias de hoje

"Através do estudo, esforçai-vos por adquirir a ciência que se aprende nos livros, para poderdes guiar as almas para a verdade e o bem." O Fundador era incansável na ânsia que os seus missionários e missionárias procurassem sempre a formação.


É com base nesse seu desejo que vai decorrer, em Fátima de 29 OUT a 1 NOV, o 1º Encontro de Formação sobre Pedagogia allamaniana. Este encontro reúne 40 responsáveis dos grupos da Família Missionária da Consolata (FMC) que vão reflectir e debater a Missão nos dias de hoje sob a luz do carisma Consolatino.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ninguém se importa comigo!


Depois de Maiakovski

Primeiro levaram os negros,
Mas não me importei com isso,
Eu não era negro!

Em seguida levaram alguns operários,
Mas não me importei com isso,
Eu também não era operário!

Depois prenderam os miseráveis,
Mas não me importei com isso,
Porque eu não sou miserável!

Depois agarraram uns desempregados,
Mas como eu tenho emprego,
Também não me preocupei!

Agora, levam-me a mim,
Mas já é tarde!
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo!

Bertold Brecht

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Outubro Missionário - Orar (também) é Missão IV

QUARTA SEMANA
24 a 30 de Outubro
VOCAÇÃO MISSIONÁRIA

O mundo anda às Escuras – Porque não há quem anuncie a Luz…
O mundo anda em guerra – Porque não há quem anuncie a Paz…
O mundo não O conhece – Porque não há quem O anuncie…
O mundo mergulha no ódio – Porque não há quem anuncie o amor…

«Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós» (Jo 20, 21)


INTRODUÇÃO

Todos somos enviados. Hoje, vamos deixar de ser espetadores e vamo-nos sentir atores desta missão que o Senhor confia a cada um, a cada uma de nós. Eu sou responsável pela história da salvação…
Diz-nos Bento XVI: Através da participação co-responsável na missão da Igreja, o cristão torna-se construtor da comunhão, da paz, da solidariedade que Cristo nos concedeu, e colabora para a realização do plano salvífico de Deus para toda a humanidade. Os desafios que ela encontra chamam os cristãos a caminhar juntamente com os outros, e a missão faz parte integrante deste caminho com todos. Nela nós trazemos, ainda que seja em vasos de barro, a nossa vocação cristã, o tesouro inestimável do Evangelho, o testemunho vivo de Jesus morto e ressuscitado, encontrado e acreditado na Igreja. Co-responsabilidade de todos, a missão universal empenha todos, tudo e sempre. O Evangelho não é um bem exclusivo de quem o recebeu, mas constitui uma dádiva a compartilhar, uma boa notícia a comunicar. E este dom-compromisso é confiado não apenas a alguns, mas sim a todos os baptizados, que são raça escolhida… “nação santa, povo adquirido por Deus” (1Pd 2,9), para que proclame as suas obras maravilhosas.
Bento XVI – Mensagem Dia Mundial das Missões 2011

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Cartas para a Missão III

O próximo dia 23 de Outubro é o Dia Mundial das Missões. O CJOVEM, ao longo destes dias tem vindo a publicar algumas das cartas para que cada um de vós possa enviar, por email, a um(a) missionário(a) que vos seja 'próximo'. Aqui fica a terceira CARTA:

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Cartas para a Missão II

Aproveitando o dia 23 de Outubro, Dia Mundial das Missões. O CJOVEM propõe não deixar passar esta data em claro.
Assim, ao longo destes dias publicaremos algumas das cartas para enviar por email a um(a) missionário(a) vosso conhecido. Aqui fica a segunda CARTA:

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Cartas para a Missão

O próximo dia 23 de Outubro é o Dia Mundial das Missões. O CJOVEM, sendo um blogue missionário não pode deixar passar esta data em claro.
Logo, sabendo do vosso amor pela missão e pelos(as) missionários(as) espalhados um pouco por todo o mundo, decidimos lançar uma proposta:

Formação online - Ser JMC na net!

Provavelmente já todos repararam que o menu do CJovem tem um novo link. Sim, aquele que diz FORMAÇÃO ONLINE... Se calhar até já tiveram a curiosidade de fazer clique em cima dele e foram parar ao Fórum, mais precisamente a uma proposta de reflexão.

Pois bem, este não é mais que um projeto piloto dos Missionários da Consolata e do Grupo de Jovens do Cacém: Através da formação interativa os Jovens poderão ir previamente preparados para os encontros de formação de cada sexta-feira. É também uma possibilidade para que esta possa chegar a outros jovens, independentemente do grupo a que pertençam ou do local do país onde residam.

info útil:
A formação disponibilizada coincide com os temas que o JMC Cacém abordará nos seus encontros.
A participação ativa requer o registo no Fórum.
Por questões de privacidade, os próximos temas - e comentários - poderão ser tornados visíveis apenas aos elementos inscritos no Fórum.
Luís Maurício - IMC

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Outubro Missionário - Orar (também) é Missão III

TERCEIRA SEMANA
17 a 23 de Outubro
PARTILHA

Ouvistes Jesus dizer: «Vai e faz o mesmo» (Lc 10, 37). Recomenda-nos que façamos nosso o estilo do bom samaritano, cujo exemplo acaba de ser proclamado, ao aproximar-nos das situações carentes de ajuda fraterna. E qual é esse estilo? «É “um coração que vê”. Este coração vê onde há necessidade de
amor e actua em consequência» (Bento XVI, Enc. Deus caritas est. 31). Assim fez o bom samaritano. Jesus não se limita a recomendar; como ensinam os Santos Padres, o Bom Samaritano é Ele, que Se faz próximo de todos os homens e «derrama sobre as suas feridas o óleo da consolação e o vinho da esperança» (Missal Romano, Prefácio Comum VIII) e os conduz à estalagem, que é a Igreja, onde os faz tratar, confiando-os aos seus ministros e pagando pessoalmente de antemão pela cura. «Vai e faz o mesmo»! O amor incondicionado de Jesus que nos curou há-de converter-se em amor entregue gratuita e generosamente, através da justiça e da caridade, para vivermos com um coração de bom samaritano.
(Bento XVI, aos Agentes da Pastoral Social, Fátima, 13.05.2010)

17 de Outubro: Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

A propósito do Dia Mundial pela Erradicação da Pobreza, a Associação CAIS lança este verdadeiro Hino Contra a Pobreza; uma canção que procura alertar para a situação de tantas pessoas que estão a passar verdadeira necessidade e das circunstancias que levam a esta situação. 

Com letra e música de Henrique Pinto - CAIS


sábado, 15 de outubro de 2011

A Deus o que é de Deus


29º Domingo Comum - Ano A - Mt 22, 15-21

A liturgia do 29º Domingo do Tempo Comum convida-nos a reflectir sobre as realidades de Deus e as realidades do mundo. Diz-nos que, se Deus é a nossa prioridade, não devemos todavia alhear-nos dos nossos compromissos na construção do mundo.

Sobre o roubo da democracia e a (in)utilidade dos políticos

Transcrevemos um excelente artigo do jornalista do Público, especialista em assuntos religiosos, António Marujo, a propósito do 15 de Oububro e de alguns dos motivos que convocam à manifestação global. Vale muito uma leitura:


"Há dois séculos, as sociedades não tinham direito a escolher os seus governantes. Foram conquistando esse direito progressivamente. Há 100 anos, em Portugal, a República ainda recusava o direito de voto a mais de metade da população - as mulheres. A sociedade foi conquistando progressivamente esse direito. Que lhe permitiu ganhar o direito a dar cada vez mais voz às pessoas, naquilo que à vida das pessoas diz respeito.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

15 de Outubro: Um dia para a indignação global e... local



Sábado, 15 de Outubro. Um dia que dá azo à indignação global; pelo menos essa é a intenção dos idealizadores desta acção mundial. Há manifestações programadas para acontecer em centenas de cidades no mundo todo. 

E são muitos os motivos para a indignação, em Portugal e no mundo. As recentes medidas de austeridade em Portugal incendeiam ainda mais os ânimos.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Museu de Arte Sacra e Etnologia faz hoje 20 anos


O Museu de Arte Sacra e Etnologia (MASE) faz hoje 20 anos! Parabéns!

"Aberto ao público em 1991, reúne uma vasta colecção de arte sacra portuguesa e de etnografia de vários países do mundo, com elevado interesse artístico e cultural. Relata, no seu percurso, a história de Cristo e das Missões." diz a página do MASE, fundado pelos Missionários da Consolata.

Pelas suas características, o MASE, integra a Rede Portuguesa de Museus.

O CJovem, que faz parte desta vasta família missionária, deseja-lhe muuuuiitos anos de vida e com muitas visitas... Sinal de que aquilo que o Museu representa, num percurso pela História da Salvação, na arte e no mundo, é admirado e valorizado, chegando a um público cada vez mais vasto.

Consulte o cartaz com o programa das comemorações do 20º aniversário.

Destacamos o lançamento do tão esperado "Roteiro do Museu de Arte Sacra e Etnologia", há muito tempo desejado pelos visitantes e investigadores, e que vai ser hoje apresentado.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Não fiques parado!



"Na 2ª Pessoa"
- Classificados

Tens frio na noite e medo do escuro.
Não saltas aflito,
de cima do muro.
Tens medo e coragem,
não sabes ao certo.
No meio do nada, há um lugar incerto.
Avanças, recuas, dás mais um palpite.
A incerteza, abre-te o apetite.


Não fiques parado no meio da estrada.
Apanha boleia, para qualquer morada.
Abre uma uma janela, deixa a luz entrar.
Talvez haja alguém, que te possa encontrar.


terça-feira, 11 de outubro de 2011

Obscena?! Obscena é a fome!



Aí está o vídeo da campanha "Hungry No More", uma iniciativa do vocalista da banda irlandesa U2, Bono Vox, e mais uns quantos artistas que aceitaram dar voz e rosto a mais uma tentativa de sensibilizar o mundo e, sobretudo, os lideres mundiais, para o drama da fome nos países pobres, sobretudo em África.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Outubro Missionário - Orar (também) é Missão II

SEGUNDA SEMANA
10 a 16 de Outubro
SACRIFÍCIO

INTRODUÇÃO

Segundo os dicionários, sacrifício significa “oferta solene à divindade, em donativos ou vítimas” ou “abandono forçado ou voluntário daquilo que nos é precioso; renúncia”.
A Tradição da Igreja associa “sacrifício” ao sacrifício que Cristo ofereceu na Cruz, em total oblação ao amor do Pai e para nossa salvação. Apenas unidos ao seu sacrifício, podemos fazer da nossa vida um sacrifício a Deus.
Muitas vezes pensamos em sacrifícios como algo que custa e que exige muito de nós. De facto, o sacrifício só tem valor se custar, isto é, se exigir de nós uma mudança de vida. De nada vale ir a pé a Fátima ou nada comer numa Sexta-Feira Santa se praticarmos a injustiça e vivermos na mentira. Deus quer a misericórdia e não o sacrifício.
É bom oferecer sacrifícios a Deus, em sinal de adoração e reconhecimento. Mas melhor ainda é viver como filhos de Deus.
Viver como verdadeiro filho de Deus pode mesmo ser considerado como sacrifício uma vez que isso implica comunhão plena com o Pai, adesão total à verdadeira felicidade.
Sacrifício é oferecer a vida ao Pai, para que Ele a transforme em algo novo, em sinal para o mundo.
Sacrifício não é sofrer por sofrer nem procurar o sofrimento.
Sacrifício é dar a vida, para que outros tenham vida.
Sacrifício é viver por, com e para Deus.
É uma opção de vida, pela Vida.

Cântico Inicial

ESCUTAR A PALAVRA – 2 Timóteo 4, 1-8
Diante de Deus e de Cristo Jesus, que há-de julgar os vivos e os mortos, peço-te encarecidamente, pela sua vinda e pelo seu Reino: proclama a palavra, insiste em tempo propício e fora dele, convence, repreende, exorta com toda a compreensão e competência.
Virão tempos em que o ensinamento salutar não será aceite, mas as pessoas acumularão mestres que lhes encham os ouvidos, de acordo com os próprios desejos. Desviarão os ouvidos da verdade e divagarão ao sabor de fábulas. Tu, porém, controla-te em tudo, suporta as adversidades, dedica-te ao trabalho do Evangelho e desempenha com esmero o teu ministério.
Quanto a mim, já estou pronto para oferecer-me como sacrifício; avizinha-se o tempo da minha libertação. Combati o bom combate, terminei a corrida, permaneci fiel. A partir de agora, já me aguarda a merecida coroa, que me entregará, naquele dia, o Senhor, justo juiz, e não somente a mim, mas a todos os que anseiam pela sua vinda.

Para ajudar a refletir
É importante ter noção:
1. A certeza da nossa morte.
2. A existência de um só caminho para chegar à salvação
3. O facto da palavra ser um poderoso instrumento que transforma, mobiliza, consciencializa, clarifica, harmoniza...

Salientamos dois aspetos da Palavra:

1º - A Palavra de Deus é importante porque – é SALVADORA

Deve-se pregar a Palavra de Deus e não as nossas ideias porque estas podem pender para o bem ou para o mal.
A Palavra de Deus deve ser proclamada em todas as circunstâncias.
É urgente que a Palavra de Deus chegue a todas as pessoas, pois só Ela conduz à Salvação.

2º – A Palavra de Deus é importante porque – só ela JULGA

É necessário ter a coragem, confiança e fé para usar e viver a palavra de Deus!
Porque somos Humanos e temos sempre duas escolhas: o bem e o mal (o mal já nós conhecemos bem…).
Porque há quem use a Palavra apenas por conveniência fazendo julgamentos egocêntricos:
Deturpando assim a Palavra de Deus e enfraquecendo a fé do próximo.
Tenhamos, portanto, a fé para acreditar e coragem para avançar, sempre com a Palavra de Deus à frente... assim combateremos um bom combate e receberemos o galardão de Deus.

Silêncio e partilha
A PALAVRA GERA ORAÇÃO
Meu Querido Pai, apesar de me sentir indigno(a) da Tua presença, peço-te que habites em mim, que faças do meu ser mais um dos teus templos, que me dês o dom de te respirar a cada segundo.
Sei que tudo em mim se transformará. A palavra “sacrifício” deixará de ter peso, pois tudo o que é feito ao teu lado e para te servir torna-se fonte de alegria.
Ajuda-me a cuidar de todos os que trouxeres até mim. Que eles levem o teu Amor, Força, Esperança e Fé para caminhar.
Senhor deixa-me ser um “nada” que semeia em teu nome para curar as feridas da humanidade causadas pelo nosso egoísmo.
Jesus e Maria, pelo Amor que vos tenho, peço-vos que intercedam junto de Deus Pai, por todos os que anseiam alcançar esta graça, para que se entregarem sem limites nas missões da vida que Deus nos enviar.
Ámen

A PALAVRA TORNA-SE AÇÃO

Viver como Cristo é viver em atitude de oferta de nós mesmos ao Pai, como sacrifício.
Viver em missão é ser o que Cristo foi.
Partilhar a minha vida com os outros, para os levar até ao Pai.
Estar atento aos sofrimentos dos outros, limpando as suas lágrimas.
Levar a mensagem do Evangelho a todos os que se cruzam comigo.
Estar pronto até para ser perseguido por causa da minha fé.
Viver em atitude de doação a Deus e aos irmãos.

Escreve num papel um ponto da tua vida que vais mudar para seres melhor imagem do Filho de Deus, para melhor te dares a Deus e aos outros.

Bênção e cântico final

Fonte: Guião Outubro Missionário 2011

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Nobel da Paz 2011 para três mulheres africanas defensoras dos direitos civis, políticos e sociais


O Comité Nobel da Paz da Noruega decidiu dividir o prémio deste ano em três partes. Três nomes, três mulheres a quem une uma "luta não violenta" a favor da paz e um mesmo elogio: ressaltar o papel da mulher nas mudanças politicas e sociais, na defesa dos direitos civis, da paz e da democracia nos seus países.

São elas a presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, a também liberiana Leymah Gbowee, responsável da organização Women Peace and Security Network Africa, e a activista iemenita Tawakkul Karman pela sua luta pacífica em nome dos direitos das mulheres.

A minha paróquia não tem página na Internet!

Resultados da última sondagem CJovem:
 - A tua paróquia tem página / Sítio na Internet?    
    Não tem ...............................  58% (7 votos)
    Sim, mas não atrai  ..............  16% (2 votos)
    Sim, mas sem atualização ....  16% (2 votos)
    Sim, e é bonito .....................  08% (1 voto)
   

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Larga essa conversa do: “Ai tenham pena de mim” - Go!



Música: Go!
Grupo: Maria Amélia (banda de humor Nilton e Martim, do programa da RTP2: 5 Para a Meia Noite)

Os tempos estão difíceis, 
Mas porque é que tem que ser assim
Larga essa conversa do: “Ai tenham pena de mim”
Estás farto de andar cansado, frustrado 
mexe um bocado, porque esse filme já eu vi
Pára de culpar o vizinho do lado, 
A atitude tem de partir de ti
Analisa, organiza, sintetiza e mete o teu golo na baliza
O teu futuro começa aqui
Se queres ir em frente...
GO! Há que ser diferente...
GO! Não percas tempo
GO! GO! GO! GO! GO!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Jovens inquietos

A última reunião do JMC Centro, realizada no passado sábado, dia 1 de Outubro, ficou marcada pela presença do Pe. António Fernandes, o mais recente Superior Regional do Instituto Missionário da Consolata em Portugal.

Inspirados pela leitura do texto “A Lei e as Frutas” de Paulo Coelho, e beneficiando da sua presença, as perguntas dos jovens determinaram o rumo do debate. Discutiram-se questões relativas aos dogmas, tradicionalismo e exoterismo inerentes à Igreja, questões às quais o Pe. António respondeu sublinhando a importância de compreender, hoje em dia, qual o elemento central subjacente à religião, afirmando que “não são os dogmas que fazem a igreja; esta será apenas uma expressão de fé, por vezes muito ritualizada, e sem vida”.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Outubro Missionário - Orar (também) é Missão I

PRIMEIRA SEMANA
3 a 9 de Outubro
ORAÇÃO

INTRODUÇÃO

Ermanno Ancilli, meditando sobre a oração cristã, dizia que “o verdadeiro caminho da oração é a vida. Uma oração contínua é uma vida inteiramente votada ao serviço de Deus… Está é a única maneira de rezar sempre… A oração é contínua quando é contínuo o amor. O amor é contínuo quando é único e total”. Mais do que fazer uma oração, nós queremos Ser Oração, queremos Ser amor contínuo a inundar todos os que nos rodeiam. Queremos que a nossa vida seja uma cadeia de palavras, atitudes, olhares, encontros de uma vida de amor que santifica todas as coisas. Vamos iniciar esta oração comunitária rezando com Francisco de Assis:

sábado, 1 de outubro de 2011

Uma vinha que Deus cultiva


27º Dom. tempo comum - A - Mt 21,33-43
Diz-nos a liturgia deste Domingo que Jesus veio ensinar-nos que Deus é um Pai que nos ama, cuida de nós, interessa-se continuamente por nós. Como o agricultor que cuida amorosamente da sua vinha. “Vós sois a agricultura de Deus”, dirá S. Paulo. O amor de Deus por nós é um amor gratuito. Ama-nos mesmo que recusemos o seu amor ou não demos importância à sua presença, à sua Palavra, aos seus mandamentos. É um Deus de tal modo apaixonado pela humanidade que lhe entregou o próprio Filho, crucificado e morto pelos vinhateiros.Todos fazemos parte desta Igreja, a vinha do Senhor, que Jesus plantou com tanto esmero e que depois confiou a todos os homens para que nela produzissem frutos de salvação. Para realizar tal projecto serve-se de cada um de nós, trabalhadores da sua vinha. Tudo o que recebemos: vida, baptismo, fé, saúde, inteligência, tudo deve ser posto ao serviço do Reino de Deus. Sempre, mas sobretudo neste mês missionário.

Darci Vilarinho

A Missão no coração da Igreja

Outubro Missionário: Com Santa Teresa do Menino Jesus, escolher ser o amor no coração da Igreja

Iniciamos o mês de Outubro, mês missionário por excelência. E logo no primeiro dia a liturgia apresenta-nos a figura de Santa Teresa do Menino Jesus, padroeira das Missões. Aquela que fez da oração uma ponte permanente com o mundo da missão e dos missionários. Iniciamos, pois, o mês das missões com a certeza de que caminha connosco uma grande missionária e intercessora junto de Deus.

Santa Teresa do Menino Jesus, nasceu em França, em 1873. Ainda adolescente, com 15 anos, ingressou no Carmelo de Lisieux (França), onde descobre a sua vocação e inicia uma caminhada de santidade. Em 1896 adoeceu com tuberculose e morreu, um ano depois, com apenas 25 anos. Foi beatificada em 1923 e canonizado em 1925 pelo Papa Pio XI.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Igreja na internet a várias velocidades

42 por cento da imprensa católica portuguesa está on line, mas sem formatação própria, já que se limita a copiar a edição impressa para a internet, salientou o cónego António RegoSó metade das dioceses de todo o mundo (4.200) possui site na internet . E na maioria são «sítios velhos», afirmou o presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais. Cláudio Celli salienta que «ainda estamos na web 1.0, quando já se pensa na web 3.0». Há casos, de sites, em que «o bispo mais sensível publica as homilias». E questiona: »que nos interessa?» para logo responder: «Um jovem não vai ler 15 páginas».

O responsável máximo das Comunicações Sociais do Vaticano, presente em Fátima, para as jornadas da comunicação social, disse aos jornalistas que «temos (Igreja) de usar uma linguagem que um jovem use». Claúdio Celli defende que a pastoral da Igreja «devia ter uma tenção mais profunda» para a defesa das crianças da internet. Isto porque um estudo europeu revela que 73 por cento das crianças navega na internet sem os pais. E «todos sabemos que problemáticas enfrenta».